Para reservas ligue (11) 3062-5338

©2017 por Gina Comunicações

Please reload

Posts Recentes

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Destaques

Fulvio Pierangelini, o Cozinheiro Generoso

May 23, 2014

 

Se tem um idolo, o Jimy Hendrix da cozinha italiana contemporânea, esse é o Fulvio Pierangelini. Ele encarna perfeitamente o ideal do cozinheiro perfeito a um nível tão alto, que ninguém talvez alcançará.
Criou-se um mito e com certeza o proprio Fulvio contribuiu.

Tem historias ao limite da realidade que o envolvem, como aquela que só ele atendia o telefone do seu Gambero Rosso, em San Vincenzo,
E segundo seu humor ou intuição decidia se reservar ou não…
Outra anedota muito divertida sugere que teria pendurado um cartaz na porta do restaurante que proibia a entrada a críticos gastronômicos.
É um feito, porem, que os franceses o admiram, o que não é comum para um cozinheiro italiano tem relatos de jantares no Gambero Rosso que reuniam o vértice máximos da cozinha mundial.
Adriá, Bocuse, Ducasse, entre outros, gostavam de frequentar o restaurante de Fulvio e nunca esconderam isso.
Um dia, durante um jantar, este feito é documentado, ele se recusou a cozinhar um peixe porque seus olhos estavam tristes. Pode parecer loucura, mas isso é o que Pierangelini encarna, uma sensibilidade superior. Afinal essa é a dote maior de alguém que faz cozinha a um nível superior.
Nem todo mundo sabe que foi o Pierangelini quem difundiu a grandeza da raça de porco de “cinta senese”, hoje ima das mais apreciadas no mundo e foi ele também um dos dois “arquitetos” do Sassicaia!! Tanto que, no primeiro rotulo de Sassicaia comparecia a assinatura de Fulvio Pierangelini.

Falei com ele uma vez, um ano atras, por telefone. Um amigo dele, proprietário de uma marca de massa italiana de visita no Brasil a negocios e que estava comendo no Pettirosso, como acostuma fazer sempre que esta em Sao Paulo, ao ouvir que eu elogiava e admirava tanto o Fulvio, me fez um presente, falou assim mesmo: vou te dar um presente e ligou para o Pierangelini as 01,30 da madrugada, la na Italia!!
Me passou o telefone e me surpreendi com uma voz gentil e calma.
Falei que o admirava muito e que se passasse por Sao Paulo poderia me visitar e bater um papo junto, talvez ate cozinhar uma noite a quatro maos… Seria um sonho.
Aprendi na vida que nada é impossível e torço muito para que isso aconteça dia.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Siga a gente

Please reload

Tags

Please reload

Arquivos

  • Facebook Social Icon
  • Twitter Social Icon
  • Google+ Social Icon